Skip to content →

Categoria: Redação

Das coisas que a gente conta para sobreviver

Eu já contei da vez em que uma adolescente pulou o muro do hotel onde eu organizava a coletânea de imprensa do NX Zero? Eu era assessor de imprensa de uma feira agropecuária do interior (alô, Facilpa) e a banda iria se apresentar naquela noite. Aquela menina teve que pular de volta o muro, sob o olhar do vigia, que nem ajudou a coitada. Contudo o mais engraçado desse dia foi ficar na porta do hotel, devidamente munido de meu crachá, indicando aos seguranças quem entrava (imprensa) e quem ficava de fora (fãs, às dezenas): “Me deixa entrar senão eu…

Comentar

Curso de storytelling: como contar histórias na internet

Certa vez escrevi um manifesto, intitulado “Além de 4 paredes”. Eu trabalhava numa agência recém formada, e precisávamos de uma campanha para nos apresentar ao mundo. Sugeri um manifesto para capturar toda aquela empolgação de fazer as coisas de um jeito diferente. Começava assim:

Comentar

Workshop Online de Edição de Textos

Nova turma: 28/10, sábado, às 8h30 Com Clara Madrigano e Rodrigo van Kampen Aprenda a editar o texto alheio e também o seu próprio. O que faz a visão de um editor sobre o seu conteúdo? Como saber se o conto, novela ou romance está “bom o bastante”, cativante, com furos ou barrigas? O workshop de edição de textos foi criado para quem quer se aventurar no mundo da edição, trabalhar com revistas independentes, zines, ou entender o trabalho de um editor. Alguns assuntos abordados: Betagem, edição, copydesk e revisão – Qual a diferença? Editores: vilões, santos ou gatekeepers? Arco…

Comentar

Oficina Online de Redação

Novas turmas em breve Inscreva-se na lista de espera!   Esta oficina é voltada a escritores iniciantes ou no começo de carreira, e inclui vários aspectos da criação de narrativas. Embora seja um pouco mais focada em fantasia e ficção científica, aborda aspectos gerais da criação literária, úteis a quem trabalha com o texto. O conteúdo é focado na realidade do escritor brasileiro, tanto que o curso surgiu da observação dos erros mais comuns nos contos enviados à revista Trasgo, da qual sou editor. Foi uma delícia ler as aulas e ficava até triste quando acabavam. O curso trabalhou bem…

Comentar

Sobre a arte de escrever pães

Se tem algo em mim que impressionou minha esposa, foi minha paixão por pão. Consigo cortar qualquer coisa do meu cardápio, até o chocolate. O pãozinho é que não dá. Assim, nada mais natural que me aventurar pelo mundo da panificação artesanal. Mas você não entra assim de uma vez nas drogas. Tudo começou com um vídeo há alguns anos. Depois Michael Pollan dedicou boa parte de um episódio de sua série no Netflix, “Cooked“, para falar sobre pães. Depois, como um sinal divino, uma matéria no Nexo trazia os links para quem quer começar. Ok, hora de enfarinhar as…

Um comentário

Nova turma da Oficina de Redação!

Este post é apenas um aviso para quem acompanha o Viver da Escrita apenas pelos posts: abri uma turma nova da Oficina Online de Redação! A oficina é voltada a escritores iniciantes e aborda vários aspectos da criação de narrativas (estrutura, criação de personagens, cenários e afins). É um curso feito por e-mail e chat, com correção dos exercícios e um olhar preciso sobre a sua produção textual. Ah, inscrições antecipadas têm desconto, mas corra que estão acabando! Saiba mais ali na página da Oficina! 😉

Comentar

O que é um conto?

Outro dia um amigo estava me perguntando sobre contos. Mais especificamente, se eu tinha alguma dica para escrevê-los, já que um conto não é um romance em miniatura. Um conto é um monstro particular. Vamos complicar ainda mais: na tradição latina, a definição de conto se dá pelo conteúdo: seria a obra literária com um único núcleo e único clímax, ou seja, uma narrativa fechada que não explora conflitos secundários. Certo… Então temos aquela velha dúvida: o conto é um “pedaço” de um romance? E assim entramos no território do “pode ser, não sei, depende.”

Um comentário

O que está em jogo?

Eu posso perder meu emprego. E com a esposa grávida no oitavo mês, meu Deus! O que você faria na minha situação? Recusaria a proposta? É muito fácil dizer “eu jamais faria isso” com os boletos pagos, o pote de ração da cachorra cheio e um carro automático na garagem. Mas e se você estivesse na minha situação?

Um comentário

O que raios é Markdown?

Sempre achei difícil escrever para a web no Word. Não sei se é a interface cheia de botões, ou se apenas a referência clássica, mas ele sempre me pareceu “sério demais”. Tipo, “escrever de verdade”. É como comprar uma papelaria estilosa. Escrever qualquer rabisco ali parece ofensivo. Aí que sempre achei difícil escrever usar o programa para essas besteiras mais leves. — posts para blogs, newsletter, artigos, e-mails. Então acabei descobrindo esse tal de Markdown, há coisa de cinco ou seis anos. (Se prepara que é hora da nerdice). Markdown é uma linguagem de marcação, assim como o HTML. Ele é um jeito de escrever em texto puro, deixando anotações sobre a formatação. Ih, complicou?

Comentar

Como conseguir freelas de redação

Viver de home-office é o sonho de muita gente, mas para isso você precisa de clientes ou de um cônjuge rico. Aí vem aquela perguntinha básica e tão difícil de responder: como conseguir freelas de redação? Opa, você quer a fórmula mágica? Estamos aqui para isso! (E provavelmente para te desapontar com a resposta). E já que o elefante está aqui, vamos começar com ele: dá para viver da escrita? Sim, eu vivo do que produzo como redator freelancer, mas, ganho menos do que ganhavam quando em agência (mas também tenho menos gastos fixos com combustível, manutenção da moto, e economizo bastante almoçando em casa). Mas principalmente, sem uma rotina estressante, compro bem menos por impulso.

Um comentário