Skip to content →

Categoria: Redação

Foco

Ou como não entrar em pânico quando o monstro gigante do prazo já chegou à praia. Eu sou uma pessoa que faz muitas coisas. Algumas delas dão dinheiro. Muitas outras (ainda) não. Eu sou o editor da Trasgo. Vamos fingir que a próxima edição da Trasgo não está atrasada, sim? Ok. Como editor da revista, eu leio submissões, faço leituras críticas, respondo aos autores, coordeno ilustração, revisão e entrevistas, junto tudo isso num ebook e ainda publico no site. Mas eu também sou escritor, e volta e meia decido que quero participar daquela coletânea bacanuda, mesmo que eu só tenha…

Comentar

Arrume um bom mecânico – e outros conselhos para escritores

O que motos têm a ver com literatura? Eu explico. Estava pensando em uma lista de coisas que eu queria que alguém tivesse me contado quando comprei minha primeira motoca. E nessa de listas, comecei a pensar no que eu queria saber quando comecei a escrever. E não é que as duas listas se tornaram praticamente iguais? Olha só:
1. Arrume um bom mecânico. E confie nele.
Motos quebram. Textos também. E existe muita divergência sobre manutenção de motores. Uns dirão para seguir o manual ipsis litteris outros com mais experiência podem sugerir ajustes mais adequados para o seu perfil. Leve o mesmo problema para três mecânicos diferentes, e talvez você tenha três respostas.

Um comentário

Gambá com penas

(Ou como convencer seu cliente a pagar por redação)   Escrever é uma daquelas habilidades controversas. Produção de texto é coisa que se ensina na escola, essencial para passar no vestibular, e espera-se até que executivos das áreas de exatas e ciências sejam capazes de articular suas ideias no papel. Então por que pagar um redator? Como é que esta criatura que aqui escreve recebe para fazer algo que todo mundo (em teoria) é capaz de fazer? A resposta curta é que escrever dá trabalho e leva tempo. A resposta longa tem a ver com papagaios. Vamos dizer que o…

Comentar