Skip to content →

Viver da Escrita Posts

Sobre a Escrita – Stephen King

Em um domingo, não muito depois dessa ligação, recebi outra de Bill Thompson, da Doubleday. Eu estava sozinho no apartamento; Tabby tinha ido com nossos filhos visitar a mãe, e fiquei trabalhando no novo livro, que pensava em chamar de Vampires in Our Town [Vampiros em nossa cidade]. — Você está sentado? — perguntou Bill. — Não. — O telefone ficava na parede da cozinha, eu estava de pé na soleira da porta entre a cozinha e a sala. — Preciso me sentar? — É melhor. Os direitos da edição brochura de Carrie foram vendidos para a Signet Books por…

Comentar

Onde publicar seus textos?

Com a pluralidade de canais à disposição (Medium, Scribe, Wattpad, Widbook, WordPress, Facebook), além das possibilidades de autopublicação e claro, da construção de um canal próprio, decidir onde publicar um texto pode ser até mais difícil que escrever o danando. Não vou destrinchar as particularidades de cada canal, até porque pretendo falar deles em posts próprios. Antes, vamos olhar as opções por um prisma maior e tentar responder à seguinte questão: o que é melhor: criar um canal próprio ou utilizar um dos vários serviços à disposição? Um canal próprio é um blog com domínio exclusivo, hospedado em um servidor…

Um comentário

25 Sites e Referências para Escritores

Estou começando um projeto novo. Uma página em branco. Mas não poderia fazer isso sem antes prestar homenagem às várias referências que a cada dia me ajudam nesta jornada. Algumas de longa data, outras recentes. A ideia é atualizar isso aqui de tempos em tempos, mas é impossível fazer uma lista exaustiva. Minha dica? Abra todos os links, veja com calma, e adicione os preferidos ao repertório. Sites e Blogs Vida de Escritor, de Vagner Abreu Cafeína Literária, de Cristine Tellier e Douglas Pereira Nem um Pouco Épico Carreira Solo Cursos How Writers Write Fiction – A free course from…

4 comentários

Então você quer viver da escrita?

8h30 da manhã. Trânsito. Enquanto acelerava a moto para desviar dos carros, um único pensamento: Se eu caísse não teria que chegar à agência hoje. Se alguém batesse em mim, eu me livraria dos trabalhos do dia. Uma perna quebrada traria uma semana inteira de folga. Talvez mais. Isso é terrível. E real. E se acredito em profecia autorrealizável, é um milagre que eu não tenha me envolvido em nenhum acidente. Esse pensamento foi o gatilho de uma mudança de vida, ancorada em duas coisas: literatura e vida freelancer. A literatura sempre esteve comigo em contos esporádicos, que se tornavam…

19 comentários